Arquivo

Archive for Agosto, 2013

CORINTHIANS EM DUBAI !!

8 ATLETAS

2 TÉCNICOS

1 FISIOTERAPEUTA

1 MEDALHA DE PRATA

4 FINAIS

10 SEMIFINAIS

3 RECORDES INTERNOS ABSOLUTOS

8 RECORDES INTERNOS DE CATEGORIA

3 RECORDES PAULISTAS

80% DE MELHORA NOS TEMPOS

DSCN0578

1,2,3… VALEU CORINTHIANS !!

Categorias:Uncategorized

MUNDIAL JUNIOR: AS ÚLTIMAS QUEDAS NA PISCINA

Terminou hoje a participação corintiana no Mundial Junior de Dubai, representando a seleção brasileira da categoria. Com 4 nadadores em ação nas eliminatórias da sexta etapa, encerrou-se a bela apresentação dos nadadores da equipe na competição.

Nos 200 borboleta, Matheus Isidro fez sua estreia e única prova na competição, conquistando a 18ª colocação. Nadou um pouco acima da sua melhor marca pessoal, apesar de ter feito uma boa parcial nos primeiros 100 metros.

Parciais: 28.23 / 30.42 / 32.52 / 33.17 – 2:04.34

Na sequência, foi a vez de Pedro Vieira e Natalia Luccas nadarem os revezamentos 4×100 medley do Brasil. A equipe masculina (com Pedro, Vitor Guaraldo, Felipe Monni e Gabriel Santos) ficou com a 9ª colocação, com parcial de 55.28 para Pedro no borboleta. Já o feminino (com Natalia, Nathalia Almeida, Thais Xavier e Giovanna Diamante) ficou na 10ª posição, com parcial de costas de 1:03.38 para Natalia.

Por fim, para encerrar a participação corintiana, uma prova emblemática. Brandonn Pierry não conseguiu nadar o 1500 livre tão bem como as outras provas, mas sai de Dubai com plenas condições de disputar o próximo Mundial Junior, já que ainda terá idade para tanto. Hoje, nadou para 15:48.15.

O blog Corinthians Natação fará um post especial destacando o que de melhor aconteceu em Dubai durante a semana, mas desde já ficam os parabéns a todos os atletas e comissão técnica por uma semana de conquistas muito importantes para a natação brasileira e corintiana.

Categorias:Uncategorized

VÍDEO DA FINAL DOS 50 METROS LIVRE EM DUBAI

Categorias:Uncategorized

MUNDIAL JUNIOR: REVEZAMENTO FEMININO É 5º COLOCADO

a71q3000-968x645

O revezamento 4×100 livre feminino do Brasil fez uma ótima prova na final de hoje e conquistou a 5ª colocação, uma melhor do que na eliminatória.

Natalia Luccas, a única nadadora do Corinthians em ação nessa etapa, abriu o revezamento com um ótimo tempo de 56.45, apenas 2 centésimos acima do que fez na prova individual. Depois dela nadaram suas companheiras de seleção brasileira Giovanna Diamante, Luana Ribeiro e Nathalia Almeida.

Um belo resultado da natação feminina do Brasil!

O Campeonato Mundial Junior se encerra amanhã, com quatro corintianos em ação: Matheus Isidro (200 borboleta), Brandonn Pierry (1500 livre), Pedo Vieira (4×100 medley) e Natalia Luccas (4×100 medley).

Categorias:Uncategorized

MUNDIAL JUNIOR: BRANDONN TOP 10 E NATALIA NA FINAL

Manhã de eliminatórias com apenas dois corintianos em ação em Dubai, e um deles classificado para a etapa final da tarde.

O primeiro a cair na água foi Brandonn Pierry, para a prova dos 400 medley. Ele fez uma boa prova, com parciais de costas e crawl que nunca havia feito, mas subiu um pouco o parcial de borboleta. Chegou muito perto de sua marca pessoal e conseguiu sua melhor colocação até agora no Mundial, 9º lugar a apenas uma vaga da final.

Parciais da prova:

28.46 / 33.15 (1:01.61)

32.86 / 33.90 (1:06.76)

38.72 / 39.31 (1:19.03)

29.27 / 29.29 (58.56)

Tempo final: 4:24.96

Brandonn+Cruz+De+Almeida+2013+Australian+Youth+zxwEoLfOEgbl

Sua passagem de costas foi a 5ª melhor da prova e o final de crawl foi o mais forte entre todos os competidores. Força total no 1500 livre de amanhã!

A outra nadadora a disputar prova na etapa foi Natalia Luccas, em mais um revezamento, dessa vez o 4×100 livre. Abrindo para a equipe brasileira, ela voltou a nadar abaixo de 57 segundos (56.92) e ajudou a equipe (que contou com Nathália Almeida, Luana Ribeiro e Andressa Lima) a entrar na final com o 6º melhor tempo. Mais uma importante conquista para a atleta e suas companheiras.

a71q9111-968x645

Categorias:Uncategorized

QUASE A HISTÓRIA SE REPETE !!

Após o desempate vencido por Guilherme Baptistela hoje na prova dos 50 livre em Dubai, um fato foi lembrado pelo coach Paulo Augusto. Nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996 Fernando Scherer, após vencer um desempate, nadou a final desta mesma prova na raia 8 e conquistou a medalha de bronze !

Acompanhem o vídeo que serviu de motivação hoje antes da prova mais rápida da história da natação corintiana !!!

Categorias:Uncategorized

MUNDIAL JUNIOR: UMA PROVA MUITO RÁPIDA DE GUILHERME BAPTISTELLA

Na eliminatória, Guilherme Baptistella fez sua melhor marca pessoal com 22.81; na semi-final, repetiu o 22.81; no desempate, fez melhor marca pessoal com 22.66.

Faltava a final. E ele nadou da forma mais rápida possível. Nadando na raia 8, fez uma prova muito boa e subiu mais um patamar: 22.48, 4ª colocação no Mundial Junior, o 50 livre mais rápido da história do Corinthians. Ficou muito perto de uma medalha e sai de Dubai com o 6º melhor tempo do país na temporada.

Guilherme Baptistella (Foto: Satiro Sodré)

Guilherme Baptistella (Foto: Satiro Sodré)

Na semi-final do 50 borboleta, Pedro Vieira voltou a nadar abaixo de 25 segundos e ficou com a 15ª colocação na prova (24.99). Ele volta agora as atenções para a disputa do revezamento 4×100 medley, que será disputado no último dia.

Pedro Vieira (Foto: Satiro Sodré)

Pedro Vieira (Foto: Satiro Sodré)

Para fechar a participação corintiana na etapa, Bruno Gurian e Diego Stelzer se juntaram aos companheiros de seleção brasileiro Luiz Altamir e João Cervone para a disputa da final do 4×200 livre. A equipe nadou muito bem, conseguiu melhorar o tempo da manhã e ficou com a 6ª colocação.

Parciais dos atletas:

Bruno Gurian – 25.51 / 28.21 / 29.16 / 29.76 – 1:52.64

Diego Stelzer – 26.05 / 28.45 / 29.07 / 28.01 – 1:51.58

Revezamento 4x200 livre (Foto: Satiro Sodré)

Revezamento 4×200 livre (Foto: Satiro Sodré)

Parabéns aos atletas por mais esta etapa! Amanhã é dia de torcer por Brandonn Pierry na disputa dos 400 medley.

Categorias:Uncategorized

MUNDIAL JUNIOR: GUILHERME, DIEGO E GURIAN NA FINAL!

A etapa de eliminatórias dessa quinta-feira trouxe boas notícias para os nadadores do Corinthians.

Logo na primeira prova do dia, o tão aguardado desempate entre Guilherme Baptistella e o canadense Yuri Kisil no 50 livre. Melhor para o brasileiro, que fez uma prova muito boa, conseguiu melhorar 15 centésimos do tempo feito ontem e garantiu a vaga na grande final de hoje a tarde. Com 22.66, Guilherme quebrou o recorde interno do junior 1, o recorde paulista da categoria e fez o 8º melhor tempo do ano no Brasil.

Guilherme Baptistella (Foto: Satiro Sodré)

Guilherme Baptistella (Foto: Satiro Sodré)

No 50 costas feminino, Natalia Luccas aumentou seu tempo de inscrição e ficou com o 18º tempo (29.74), perto da semi-final. Ela ainda irá nadar os revezamentos 4×100 livre e 4×100 medley.

Natalia Luccas (Foto: Satiro Sodré)

Natalia Luccas (Foto: Satiro Sodré)

O próximo a cair na água foi Pedro Vieira, medalhista de prata no 100 borboleta ontem. Nadando o 50 borboleta, prova em que encontra maior dificuldade, conseguiu sua melhor marca pessoal (24.82; o tempo de inscrição estava errado), quebrou o recorde interno do junior 2 e conseguiu a derradeira 16ª vaga para a semi-final.

Pedro Vieira (Foto: Satiro Sodré)

Pedro Vieira (Foto: Satiro Sodré)

Na sequência, foi a vez de Arthur Pedroso fazer sua estreia na competição. Ele começou a prova muito bem e ditou um ritmo que parecia caminhar para um tempo muito forte e que poderia inclusive entrar na final. Nos últimos 50 metros, sua parcial subiu e impediu o feito. Ainda assim, foi sua melhor marca pessoal por meio segundo, e a 13ª colocação conquistada.

Parciais de Arthur: 30.12 / 35.71 / 34.51 / 37.78 – 2:18.12

Arthur Pedroso (Foto: Satiro Sodré)

Arthur Pedroso (Foto: Satiro Sodré)

Para fechar a etapa, felicidade em dose dupla para Diego Stelzer e Bruno Gurian, que nadaram o revezamento 4×200 livre classificado com o 6º tempo para a final da prova. Nadando junto com Luiz Altamir e João Pedro Cervone, companheiros de seleção brasileira, terão a chance de nadar a grande final do Campeonato Mundial.

Parciais dos corintianos:

Diego Stelzer – 25.90 / 28.03 / 29.67 / 28.97 – 1:52.57

Bruno Gurian – 25.96 / 28.13 / 29.49 / 28.59 – 1:52.17

Bruno Gurian (Foto: Satiro Sodré)

Bruno Gurian (Foto: Satiro Sodré)

 

Categorias:Uncategorized

ASSISTA A CONQUISTA DA MEDALHA DE PRATA DE PEDRO VIEIRA NO MUNDIAL JUNIOR

Categorias:Uncategorized

UMA CONQUISTA HISTÓRICA E MUITO COMEMORADA

a71q1035-968x645

A medalha de prata de Pedro Vieira nos 100 borboleta, no Campeonato Mundial Junior de Dubai, entra para a história como a primeira da natação do Corinthians e enche toda a comunidade aquática alvinegra de orgulho.

Nesse momento, é importante destacar algumas pessoas que fazem parte do trabalho que ajudou Pedro a chegar nesse resultado.

Primeiro, seu treinador Carlos Henrique Matheus pelo trabalho diário desenvolvido com o atleta no Parque São Jorge.

Ao técnico Leonardo Tomasello, que treinou o nadador na temporada passada e é auxiliar técnico do programa de Carlos Henrique Matheus.

Ao técnico Paulo Augusto Prado, técnico da seleção brasileira presente em Dubai e que também está orientando Pedro na competição.

Ao fisioterapeuta Rafael Martins, que trabalha diariamente com o atleta e está em Dubai cuidando de seu corpo para que nade 100% quantas vezes precisar.

Ao preparador físico Henrique Oliveira, que preparou fora d’água as diversas capacidades físicas que são essenciais para o desempenho do atleta.

Ao psicólogo Luis Orione, que treinou a mente do nadador para que chegasse no momento da prova confiante e convicto do que poderia fazer.

Ao nutricionista Alan Nagaoka, que cuidou da alimentação do atleta e o deixou preparado para suportar os treinamentos e a rotina da competição.

Ao técnico Lucas Fragoso, auxiliar técnico de Leonardo Tomasello e que acompanhou a preparação de Pedro na temporada passada.

A Thieli Monzani, que cuidou da parte administrativa no dia a dia e em inúmeras viagens e competições do atleta.

A todos os outros membros da comissão técnica e staff corintiano que torceram e comemoraram a conquista dessa medalha.

Aos treinadores que iniciaram Pedro na natação e nessa história no esporte competitivo, a destacar os técnicos Cesinha e José Belarmino que foram treinadores do atleta em São Caetano do Sul, com o perdão de algum possível esquecimento por outro profissional envolvido.

A toda a comissão técnica e staff da seleção brasileira presente em Dubai, que certamente também foi essencial para a conquista da medalha.

PARABÉNS PEDRO! APROVEITE A CONQUISTA E BUSQUE VOOS AINDA MAIORES DAQUI PRA FRENTE!

(Fotos: Satiro Sodré)

a71q1024-968x645 a71q1001-968x645 a71q0812-968x645 a71q0833-968x645

Categorias:Uncategorized