BRASILEIRO SENIOR, DIA 2: DIA ESPECIAL PARA O CORINTHIANS NO RIO DE JANEIRO

Essa é a melhor palavra para definir a quinta-feira para a equipe corintiana: especial. Tivemos importantes barreiras superadas, vitórias marcantes e uma quase despedida que ficará marcada para muita gente. Confira do que estamos falando no resumo da etapa!

A primeira barreira das que falamos foi a de João Veras, no 200 livre. De manhã, ele nadou pela primeira vez abaixo de 1:50 e ficou com a prata no Brasileiro Senior (1:49.82). Na final do Torneio Open, nadou próximo dessa marca e ficou com a medalha de bronze. De manhã, também nadaram Fernando Ernesto e Matheus Isidro.

Thalandra Borges (Foto: Wlad Veiga)

Na sequência, um momento muito especial para Thalandra Borges, que ainda tem o 50 costas e o revezamento para nadar, mas nadou a prova que pode ser considerada sua despedida hoje, no 200 costas. De manhã, levou o ouro no Brasileiro Senior. No período da tarde, no Open, também conseguiu a medalha dourada (2:17.60), e não conteve a emoção ao conceder entrevista ao SporTV, falando de todo o período que viveu no Corinthians. Isabela Vicente também teve belas performances e conquistou a medalha de bronze nas duas competições (2:21.15).

Leonardo de Deus (Foto: Satiro Sodre/SSPress)

Na prova masculina, dupla vitória também para Leonardo de Deus, que controlou para vencer no Brasileiro Senior e atacou sua melhor marca no Open, ficando próximo de alcança-la (1:58.53).

No 100 borboleta, Bruna Rocha voltou a ser destaque com duas grandes provas. Primeiro, quebrou a tão sonhada barreira do 1 minuto no Brasileiro Senior (59.88), conquistando a medalha de bronze. Na grande final, passou um pouco melhor e, embora tenha ficado pertinho do pódio, na 4ª colocação, melhorou ainda mais sua marca (59.86). Ela ainda quebrou seu próprio recorde interno absoluto, que já durava desde sua época de juvenil. Yana Medeiros (1:01.90) e Gabriela Rocha (1:03.33, recorde interno do junior 2) também foram finalistas, e Thalandra Borges também nadou pela manhã. No masculino, nadaram pelo Corinthians Pedro Vieira e Matheus Isidro.

Na última prova do dia, os 400 medley, Julia Gerotto conquistou a medalha de prata no Brasileiro Senior, com 4:57, e no Open melhorou 3 segundos (4:54.21), alcançando a 4ª colocação. Luiza Moutela também nadou a prova de manhã, e agora volta suas atenções para o 200 peito.

Brandonn Pierry (Foto: Satiro Sodre/SSPress)

Para fechar, Thiago Simon levou o ouro no Brasileiro Senior, mantendo as boas atuações nessa prova já há um bom tempo. Na grande final, Brandonn Pierry fez uma prova de altíssimo nível, venceu pela primeira vez o 400 medley na categoria absoluta e ficou a menos de 1 segundo do índice para o Campeonato Mundial de 2015, a ser disputado na Rússia. Seu tempo de 4:17.48 foi novo recorde interno do junior 1. Thiago Simon, que havia feito o segundo melhor tempo da final, acabou desclassificado, e vai com tudo para a prova de 200 peito na etapa de amanhã.

VALEU CORINTHIANS!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s